Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência,e AGORA ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Integro a comissão de Acessibilidade UFPE

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

'Agora ele abraça', diz mãe de autista após criança entrar na escola em Caruaru

Mattheus (esq.) ao lado de Yanick (dir.) na sala de aula (Foto: Reprodução/TV Asa Branca)

Yanick Gabriel Lopes tem 11 anos e cursa o 5º ano do Ensino Fundamental em uma escola particular de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A mãe descobriu que ele é autista quando o menino começou a estudar. A psicóloga da instituição aconselhou a costureira Valquíria Lopes a buscar orientação. Ao receber o diagnóstico, ela chegou a pensar em tirar o garoto das aulas. Hoje, a mãe percebe que a escola trouxe benefícios para o filho. Em todo o Brasil, é comemorada a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla.

"Eu achava que ele não iria ficar, mas foi só um pensamento. As pessoas me diziam que ele tinha condições, até a professora dele. [Yanick] mudou muito. No início ele não gostava de ser tocado. Agora ele abraça, é carinhoso, sabe expressar", contou Valquíria.

                                Yanick foi diagnosticado com autismo ao ingressar
                                    na escola (Foto: Reprodução/TV Asa Branca)

O menino frequenta as aulas sem a presença de uma cuidadora. Para enfrentar o desafio, ele contou com a ajuda dos professores e colegas de turma. "Eu acompanho a turma desde que eles estavam no 2º ano. Desde a chegada de Yanick aqui, a turma sempre interagiu. Ele foi bem acolhido. Eles [os colegas de classe] estão sempre ajudando, sempre conversando", revelou a professora Prisicla Garcia.

Há momentos nos quais Yanick não quer fazer as atividades de classe. O estudante Mattheus César, de 10 anos, revelou qual é a estratégia para ajudar o colega. "Eu digo que se ele fizer a tarefa, eu brinco com ele", disse. Para o aluno Lucas Gabriel Silva, de 10 anos, "Yanick é um amigo de todo mundo".

Importância da escola
Azena Silva é cuidadora de Yasmin, de 16 anos. A adolescente tem um problema neurológico que prejudicou a fala e o desenvolvimento educacional dela. As duas passam toda a aula juntas. A cuidadora é importante para a integração de Yasmin com a escola. "O ingrediente especial que a gente tem que dar é o amor. Cada gesto, cada palavra, cada atitude deles já consideramos como um grande avanço", disse Azena.
A psicóloga Karla Guimarães explica como a frequência na escola ajuda as crianças e adolescentes com necessidades especiais. "Os pais, quando inserem uma criança que possui alguma limitação no contexto escolar, não trabalha somente a questão do desenvolvimento da aprendizagem, mas também a socialização, a lidar com limites, e desenvolver justamente os aspectos que ela tenha habilidade e tentar intervir naqueles que ela não alcança", ressaltou.

Fonte-G1
VEJA VÍDEO http://g1.globo.com/pe/caruaru-regiao/noticia/2016/08/agora-ele-abraca-diz-mae-de-autista-apos-crianca-entrar-na-escola-em-pe.html

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Surdocega aprovada em pedagogia tem primeiro dia de aula

Janine Farias, 22 anos, primeira surdocega congênita a fazer um faculdade no país, foi ao seu primeiro dia de aulas no curso de pedagogia da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) na tarde de quinta-feira (19). Moradora da cidade de Barreiras, na região oeste da Bahia, foi aprovada sem precisar do sistema de reserva de vagas por cotas.
A estudante vai usar a máquina de braile para fazer a anotação do conteúdo e a intérprete para conversar com a professora e com os estudantes. Ela já conheceu todos os novos colegas de turma por meio de toque nos rostos. "É um privilégio estar com a Janine aqui. Tava comentando com os colegas que a gente tem mais a aprender com ela, do que ela com a gente", disse a colega, Eliete Silveira.


Janine foi ao primeiro dia de aula acompanhada pela mãe Sandra Samara. Ela conta que o curso superior sempre foi o grande sonho da filha. E nos próximos quatro anos é na sala de aula que Janine vai passar as tarde de estudo.
O curso de pedagogia não foi escolhido por acaso. "Eu quero fazer um concurso e trabalhar de professora. Ensinar os surdos-cegos a aprender em braile e libras também", disse por meio da tradutora da língua de sinais.
O primeiro dia de aulas não foi inesquecível só para Janine. A mãe lembra de todo o esforço que resultou na aprovação em uma universidade. " A gente faz uma restrospectiva de como começou, do nada mesmo, da necessidade de busca, da necessidade de formação. Fazendo essa restrospectiva, a gente vê que fomos vencedoras", comemora.

Fonte-G1
VEJA VÍDEO- http://g1.globo.com/bahia/noticia/2015/03/surdocega-aprovada-em-pedagogia-tem-primeiro-dia-de-aula-na-bahia.html

5 coisas que toda Pessoa Com Deficiência precisa saber

Vivemos em uma sociedade onde o acesso a informação ainda é difícil. Porém, a internet está aí e vem facilitando a vida de muitos nessa questão.

Aproveitando justamente esse meio, venho compartilhar com você os 05 direitos importantíssimos que toda pessoa com deficiência precisa saber. São informações que muitos não têm conhecimento e precisamos compartilhá-las pois, fazem grande diferença na vida dessas pessoas. 
Confira agora as "5 coisas que toda Pessoa Com Deficiência precisa saber":
01- TODAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PODE RECEBER CADEIRA DE RODAS DO SUS
       Toda Pessoa Com Deficiência tem o direito de receber aparelhos ortopédicos, assim como cadeira de banho, cadeira de rodas, cadeira motorizada, muletas, próteses, entre outros.
       Conheça a lei, e saiba mais detalhes, clicando AQUI.

02- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PODEM SOLICITAR ISENÇÕES DE IMPOSTOS NA COMPRA DE CARROS 0KM
      As pessoas portadoras de deficiência física, visual, mental severa ou profunda, ou autistas, ainda que menores de 18 (dezoito) anos, poderão adquirir, diretamente ou por intermédio de seu representante legal, com isenção do IPI, automóvel de passageiros ou veículo de uso misto, de fabricação nacional, classificado na posição 87.03 da Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados (TIPI).
      Saiba mais detalhes clicando AQUI.

03- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PODEM TEM DIREITO AO PASSE-LIVRE
      O Passe Livre é um programa do Governo Federal que proporciona a pessoas com deficiência e carentes, gratuidade nas passagens para viajar entre os estados brasileiros. O Passe Livre é um compromisso assumido pelo governo e pelas empresas de transportes coletivos interestadual de passageiros para assegurar o respeito e a dignidade das pessoas com deficiência. Vale destacar que esse é um direito que todos podem e devem defender ainda que não fosse regulamentado por lei. É um direito justo e é legal!
      Saiba maiores detalhes clicando AQUI

04- ACOMPANHANTES PODE RECEBER DESCONTO NA PASSAGEM AÉREA
      De acordo com informações retiradas do Portal da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), todas as empresas aéreas oferecem desconto de 80% na passagem aérea de acompanhantes obrigatórios para passageiros com necessidades especiais.
      Ou seja, o cadeirante paga 100% do valor da passagem, mas se ele precisa de um acompanhante para viajar, o acompanhante ganha desconto de até 80% de sua passagem.

Para conseguir este desconto, não é tão complicado assim, veja como o que se deve fazer, clicando AQUI.

05- VAGA PREFERENCIAL DE ESTACIONAMENTO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA
      Contrário do que muitos pesam, o adesivo do símbolo de cadeirante não garante o direito de usar a vaga reservada. Para a Pessoa Com Deficiência ou mobilidade reduzida poder estacionar na vaga preferencial, é obrigatório o usa do Cartão Nacional de Estacionamento DeFis-DSV.
      Pela nova regra, todos os municípios brasileiros passarão a adotar um modelo único de credencial definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Para adquirir essa nova credencial, as pessoas com deficiência precisam fazer ou refazer o cadastro no órgão de trânsito municipal ou no Detran.
      Saiba maiores detalhes clicando AQUI.

É claro que existem muitos outros direitos, leis, todos eles podem ser encontrados principalmente na Lei Brasileira de Inclusão (LBI). Clique AQUI para baixar!
 
Fonte-Cantinho dos cadeirantes

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Semana da Pessoa com Deficiência começa com visita à Arena

O conforto do lar aos fins de semana que se torna sonho de consumo para alguns que estudam ou trabalham de segunda a sexta-feira, é frio, inquietante e doloroso para quem usa cadeira de rodas ou a uma bengala. Sem acessibilidade, as ruas se tornam obstáculos quase intransponíveis e o lazer, um direito social garantido constitucionalmente, é sonegado. A casa se torna, então, quase que o único local de permanência dos deficientes físicos com raríssima oportunidade de descobrir o desconhecido.

 Para dar visibilidade à temática e em comemoração ao início da Semana Estadual da Pessoa com Deficiência, cerca de 50 pessoas com dificuldades locomotoras passearam pela Arena Pernambuco, no domingo (21), e pediram mais atenção a suas demandas.
“Estou na cadeira de rodas há quatro anos e a adaptação é extremamente difícil. Não há o mínimo de condições de locomoção na cidade. Para chegar numa parada de ônibus é complicado e, às vezes, tenho de esperar dois ou três ônibus que tenham um elevador adequado para poder subir”, reclamou o torcedor do Sport, Jorge Costa, 50 anos, que nunca havia ido à Arena Pernambuco por dificuldade de locomoção.

Cuidando há 32 anos da filha Nazaré, que teve complicações na hora do parto, dona Fátima Almeida, de 64 anos, ficou emocionada com o sorriso da filha ao entrar no estádio. “Ela não pôde nem frequentar a escola. Infelizmente, temos muitas dificuldades de locomoção, precisamos pagar táxi para todo lugar que vamos e nem sempre temos condições. Era um sonho vir aqui e estamos muito felizes”, comentou, diante da estrutura das arquibancadas.

Segundo o secretário de Desen­volvimento Social, Criança e Juventude, Isaltino Nascimento, a semana deve trazer visibilidade à causa. “Nessa semana chamamos atenção da sociedade para a inclusão que deve ser dada em todas as esferas”, afirmou.
O evento foi organizado pela pasta de Isaltino e todos os participantes que se inscreveram anteriormente foram buscados em casa. A organização do Domingo na Arena garante ainda que outras atrações serão pensadas para as próximas edições do evento para deficientes e acompanhantes.
Já a Semana do Deficiente vai até o próximo domingo,  com ações dentro do Recife Antigo de Coração, no Bairro do Recife, incluin­do um festival de dança inclusiva e um “abraçaço”. A Amar (Aliança de Mães e Famílias Raras) estará arrecadando leite integral e fraldas no estande da ONG, que será montado na avenida Marquês de Olinda.

Fonte-Folha de Pernambuco

sábado, 20 de agosto de 2016

MVP da última temporada da WNBA pelo Chicago Sky, Elena Delle Donne, de 26 anos, tem uma carreira sólida no basquete que a permite aproveitar diversos lugares no mundo longe da sua cidade natal, no pouco conhecido estado de Delaware.
No entanto, apesar de estar no Rio de Janeiro para sua primeira Olimpíada defendendo a seleção feminina norte-americana de basquete, a ala de 1,96m tem um motivo que praticamente a mantém sempre perto da casa da família.
Ao contrário de muitas jogadoras da WNBA que jogam em times de outros países durante as férias nos Estados Unidos para manter a forma física e ganhar mais uma fonte de renda, Delle Donne abdica dessa opção.
O motivo? Cuidar da irmã mais velha, Elizabeth, que é surda, cega, autista e tem paralisia cerebral.
“Lizzie”, como ela é chamada pela jogadora de basquete, já fez mais de 20 cirurgias nos mais de 30 anos de vida.
“Meu relacionamento com minha família significa muito para mim. Por isso eu prefiro ficar em casa na intertemporada”, disse Delle Donne, ao ESPN.com.br. “Minha irmã é cega e surda, então para interagir com ela eu realmente preciso estar do lado dela”, completou.
Segundo a jogadora, toda a comunicação da irmã é baseada nos sentidos que ainda restam nela. Então ela pode “cheirar seu cabelo, puxar ou até lamber sua cabeça”.
No último ano, a ala, que tem médias de 20,8 pontos e 6,6 rebotes por partida na carreira na WNBA, escreveu uma emocionante carta para sua irmã no site “The Players Tribune”.
“Eu não posso falar com ela por Skype se estiver com saudades, não posso mandar uma mensagem de texto, não posso ligar. Eu tenho que estar com ela para me comunicar”, descreveu.


Do estudo das equipes à alimentação: Magic Paula fala sobre a cobertura da Rio 2016
Delle Donne entra em quatra nesta quinta-feira para defender os Estados Unidos contra a França na semifinal do torneio olímpico. Ela tem médias de 9 pontos, 3,4 rebotes e 3,2 assistências por partida.

Fonte-UOL

Galvão Bueno pede ao vivo para um cadeirante se levantar e recebe uma enxurrada de críticas na internet

Vexame ocorreu após a final da corrida dos 200 metros do atletismo. (Crédito: Reprodução)
Galvão Bueno mais uma cometeu na transmissão da Olimpíada do Rio. O novo vexame ocorreu após a final da corrida dos 200 metros de atletismo. O narrador da TV Globo pediu para todas as pessoas presentes no estúdio ficarem em pé para cantar o hino da Jamaica, em homenagem a Usain Bolt, que conquistou o ouro na prova.
Constrangimento. 
O problema é que os atletas paralímpicos Fernando Fernandes e Lars Grael estavam no local e ficaram visivelmente constrangidos. O humorista Marcelo Adnet foi o responsável por cantar o hino da Jamaica. Os outros comentaristas levantaram, mas se sentaram rapidamente ao perceberem a gafe e “lembrarem” da presença de Fernando Fernandes e Lars Grael. Os internautas criticaram a atitude de Galvão Bueno no Twitter. Mais uma grosseria do apresentador. A internauta Claudia S. Alves se revoltou com a situação: “Gente, pior que o Galvão só a Glória Pires no Oscar! Como ele pede para o Fernando ex-BBB atleta paraolímpico ficar de pé?!?”. (AD)



  Fonte-http://www.osul.com.br/galvao-bueno-pede-ao-vivo-para-um-cadeirante-se-levantar-e-recebe-uma-enxurrada-de-criticas-na-internet/

Peritos poderão vasculhar Facebook para cortar auxílio-doença

Acesse aqui e leia tudo