Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, estudante, estou novamente como presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU,bailarino e agora,secretário e conselheiro do COMUD- Conselheiro municipal de defesa dos direitos da pessoa com deficiência, pai de um belo filho, marido de uma linda mulher .

terça-feira, 22 de julho de 2014

DETRAN-PE disponibiliza agendamento online exclusivo para pessoas com deficiência


Os pernambucanos que possuem algum tipo de deficiência e que necessitam realizar Exame Médico e/ou Avaliação Psicológica, como parte dos processos de Habilitação de Condutores, ganham um importante aliado: o agendamento online para atendimento de Pessoas com deficiência.  O Sistema é autoexplicativo, o que significa que, ao preencher o formulário de agendamento, o cidadão será informado se possui restrições para a realização dos exames ou para entrar com recurso em 1ª instância questionando os pareceres médicos e/ou psicológicos. Para se ter ideia da procura desse serviço no DETRAN-PE, cerca de 3000 pessoas com deficiência realizaram, no ano passado, exames médicos e quase 500 passaram por avaliação psicológica.

A ferramenta  beneficia usuários do DETRAN-PE em todo o estado. De início, serão cobertas as áreas de maior demanda pelos exames, mas o objetivo é, em breve, ampliar o alcance para todo o Estado. Antes, os interessados só podiam agendar os exames médico e psicológico por telefone e precisavam aguardar para serem informados posteriormente sobre a disponibilidade de dia, hora e local do atendimento.  A partir de agora, ao combinar os avanços da informática a levantamentos estatísticos (tomando-se como referência os locais de maior demanda pelos exames), o banco de dados do DETRAN-PE coloca à disposição, de forma contínua, uma lista com dias, horários e locais para atendimento em diferentes regiões do Estado: a pessoa com deficiência pode, desta forma, escolher o melhor momento de ser atendida.

Questionando os resultados de exames - Além de permitir a marcação dos exames médicos e psicológicos para Habilitação, o sistema permite que as pessoas com deficiência entrem com recurso em 1ª instância junto ao DETRAN-PE para questionar os resultados tanto do exame médico quanto da avaliação psicológica. Ao entrar com recurso, o usuário poderá também agendar, por meio do site do DETRAN, atendimento de uma Junta Médica ou Psicológica de 1ª Instância que avaliará o caso.



Conheça a lista dos serviços de Habilitação que requerem a realização de exames médico e psicológico:



EM QUE SITUAÇÕES É PRECISO FAZER AVALIAÇÃO MÉDICA E/OU PSICOLÓGICA

1ª Habilitação (Exame Médico e Avaliação Psicológica)
Renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) (Exame Médico)
Realizar mudança ou Adição de Categoria da CNH (Exame Médico)
Quando o condutor pretende realizar atividade remunerada ao volante (Exame Psicológico)
Periodicidade – Via de regra, a cada cinco anos, os condutores necessitam passar pelo processo de Exame Médico e/ou Avaliação Psicológica. Este prazo cai para três anos quando o condutor tem mais de 65 anos.  O médico ou psicólogo perito examinador pode, caso julgue necessário, diminuir o tempo de validade dos exames.

FONTE-DETRAN PE

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Novo Serviço nos Transportes Coletivos de Caruaru beneficiará Deficientes Visuais

Deu no G1

Um equipamento para facilitar a transferência de pessoas dependentes: conheça a Lady Shifiting


Visando a facilidade na hora das transferências cadeira – cama de pessoas dependentes, um trio de designers (cujos nomes são impossíveis de acertar a pronúncia de primeira: Tsai Jui-An, Tsai Meng-Hong e Cheng Ka-Man) desenvolveu um equipamento chamado The Lady Shifting.

Lady Shifting faz uso do princípio da alavanca e impede que o cuidador seja o suporte de peso do indivíduo. As transferências da cadeira para outras superfícies são necessárias muitas vezes ao dia, o que pode colocar os cuidadores em grande risco de lesão nas costas e também pode ser desconfortável para a pessoa com imobilidade. O objetivo da Lady Shifting é resolver estes problemas mediante o suporte de peso da pessoa com imobilidade.

A transferência de uma pessoa nesse dispositivo envolve a colocação dos pés na base negra da Lady Shifting e alinhamento dos joelhos com a parte inferior da almofada. Em seguida, a pessoa é colocada em cima da armação arredondada e almofada. Enquanto segura os braços da pessoa, o prestador de cuidados alavanca o dispositivo para elevar o paciente, estabilizando-o com o seu pé. Depois a Lady Shifting é manobrada para a cama, a pessoa é trazida de volta para a posição vertical e é colocada na cama.

Achamos um vídeo que mostra direitinho a Lady Shifting em funcionamento: clica aqui!
E agora deixamos para vocês a pergunta: será que realmente é funcional?

E, por fim, se você está procurando exercícios para estimulação cognitiva pra familiares ou clientes com Alzheimer, tem a dica dos nossos cadernos de exercícios!!! Os cadernos Reab.me exploram temáticas do cotidiano e foram pensados no cliente final, o cliente com déficit. Usamos linguagem fácil e acessível para auto-aplicação ou para ser feito com ajuda com cuidador. Enviamos para todooooo Brasil e Portugal. Gostou da ideia? Clica aqui e vai conhecer!

Confiram abaixo algumas imagens da tal “Lady”:





Fonte-FERNANDA ZAGO

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Reunião Extraordinária no COMUD







Terça-feira dia 08-07 houve uma Reunião Extraordinária no COMUD-Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, na qual estou como secretário e conselheiro. Na pauta:” A volta dos Transporte dos Cadeirantes e as novas regras para utilização. Depois da nossa denúncia como usuário dos transportes, decorrente o mal estado de conservação dos veículos.

Não concordei e não concordo com a proposta do CAPD-Centro de Atendimento da Pessoa com Deficiência-Órgão ligado à secretaria de politicas Sociais e que organiza as marcações das viagens. De propor 2 viagens durante a semana para IGREJAS ou Lazer, Limitando o direito do cadeirante e cidadão-Mesmo sendo “Deficiente”.
Vivemos no estado Laico e democrático e nosso direito de IR e Vir já mais poderá deixar de ter vida própria. Nessa pauta estamos defendendo a nossa liberdade de escolhas que CONQUISTAMOS e é garantido através da Constituição de 1988, ratificado pela convenção da ONU e Glorificado conforme a lei 10.098/2000 Acessibilidade e o decreto 5.296/2004.

Chega de violação de Direitos Humano de Deficiente-Que não somos, somos É Eficientes, só temos uma diferença funcional e queremos fazer parte decidindo para onde queremos ir. ou para Escola, ou para fisioterapia, ou para Balada, ou para à IGREJA. Somos nós que decidimos.

Se a demanda é grande e só há 2 Vans coloca-se mais 2 duas e amplia o serviço e todos são respeitado.

Seminário discute direitos humanos e democracia em Caruaru, no Agreste


Do NE10 Interior Núcleo SJCC/Caruaru

Será realizado nesta sexta-feira (11) o Seminário Regional: “Direitos Humanos e Democracia”. O evento ocorrerá, a partir das 8h, no auditório da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (Fafica), no Agreste de Pernambuco. Gestores e a sociedade civil vão se reunir para avaliar as ações nesta área em Pernambuco, e ouvir as demandas sobre violações de direitos nos municípios.

A iniciativa é da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSDH), por meio da Secretaria Executiva de Justiça e Direitos Humanos (SEJUDH). Entre os assuntos discutidos está o atendimento a casos de violações em geral, e principalmente contra o público idoso, criança e adolescente, pessoas com deficiência, LGBT e  reeducandos do Sistema Penitenciário.

O seminário vai contemplar todas as regiões do estado até o mês de Setembro, sendo realizado dentro das Semanas de Direitos Humanos, evento que disponibiliza aos moradores mutirão de documentação, oficinas, rodas de diálogo, exposições, orientações para apenados em regime aberto e livramento condicional e feira de cidadania. O evento segue até as 13h. A entrada é gratuita.

sábado, 28 de junho de 2014

Dia internacional da Pessoa Surdocega

Comemora-se no dia 27 de Junho o dia Internacional da Pessoa Surdocega. A data faz referência ao nascimento de Helen Adams Keller (27 de junho de 1880). Helen Keller foi uma escritora, conferencista e ativista social estadunidense. Foi a primeira pessoa surdocega a conquistar o bacharelado. Quem acompanha minhas batalhas sabe que, eu, Alex Garcia, Pessoa Surdocega, sabe que temos pouco a comemorar nesta data, mas ela serve para destacar nossa dedicação, entusiasmo, criticidade e reivindicações. Helen Keller disse: "Nunca se pode concordar em rastejar, quando se sente ímpeto de voar". Eu, Alex Garcia, não concordei e jamais vou concordar em rastejar. Eu desejo, eu preciso voar. Observo a vida das relações humanas e o mundo, e minha criticidade não quer calar e afirma:

"A surdocegueira se constitui no mais amplo "flagelo em vida" da história deste país e de muitos outros países. E nossas autoridades "surdas e cegas" tentam de todas as formas, esconderem isso, esconder e invisibilizar cada vez mais a pessoa surdocega, tendo como ferramenta principal a hierarquização do ser humano. O termo "flagelo em vida" deve ser entendido como "estar vivo, mas sem desenvolvimento".Nestes dias que antecedem o Dia Internacional da Pessoa Surdocega vamos comemorar reivindicando? Eu continuo em busca de apoio para pressionar o Governo brasileiro - Ministério da Educação (MEC), para que cumpra o que foi assumido no dia 5 de setembro de 2013, na Audiência Pública para Tratar da Inclusão Social da Pessoa com Surdocegueira, na Comissão de Seguridade Social e da Família da Câmara dos Deputados. Como encaminhamento da Audiência, ficou assumido pela representante do Ministério da Educação, Rosana Cipriano Jacinto da Silva, um compromisso em constituir Grupo Técnico (GT) para o efetivo fomento das políticas educacionais dirigidas às pessoas com surdocegueira no âmbito do MEC. Montei esta petição para coletar assinaturas. Já recebi assinaturas de pessoas de vários países do Mundo, mas, preciso de muito mais. Por favor, observe com atenção e assine a petição.

Compartilhe esta mensagem e incentive seus colegas e amigos a assinarem. A petição aqui:

Fifa diz que vendeu quase 20 mil ingressos para deficientes e apresenta sistema para cegos em 4 estádios

Dois dias depois da partida entre Argentina e Bósnia-Herzegovina e na véspera do confronto decisivo entre Espanha e Chile, os detalhes do plano do Maracanã para receber jogos da Copa do Mundo-2014 ainda são discutidos. Em entrevista coletiva sobre acessibilidade na manhã desta terça-feira, no próprio estádio, a Fifa anunciou que já vendeu quase 20 mil ingressos para deficientes físicos ou obesos, e detalhou algumas adaptações realizadas para receber pessoas com necessidades especiais.

“O número de compra desse tipo de ingresso foi muito alto, e ainda temos alguns ingressos para serem vendidos. Lançamos um apelo para quem está interessado. Ainda há 1.487 ingressos para as três categorias em algumas partidas, não para todas, é claro. Encorajamos pessoas com deficiência, obesos, ou de cadeira de rodas e mobilidade limitada, a comprar. 19.533 ingresos já foram vendidos”, anunciou o chefe de Responsabilidade Social da Fifa, Federico Addiechi.

Segundo a Fifa, 1% da capacidade dos estádios têm sido disponibilizada para deficientes em todos os jogos do Mundial. Entre as adaptações para receber as pessoas com necessidades especiais, a entidade citou assentos, banheiros, estacionamentos e “faixas” especiais, além de passarelas e voluntários treinados na assistência a cadeirantes.

A maior novidade contempla, particularmente, os cegos ou pessoas com visão prejudicada: um serviço de comentário descritivo das partidas, disponibilizado apenas no Maracanã, na Arena Corinthians, no Mineirão e no Mané Garrincha. Convidado especial do evento desta terça-feira, o campeão paralímpico e bicampeão mundial de futebol de cegos Anderson Dias elogiou o sistema, que experimentou na partida da Argentina.

“Ver o jogo com uma maior descrição, saber como os lances ocorreram, é de muita valia. A gente sempre briga, sempre solicita, e a Fifa disponibilizou essa acessibilidade. Esperamos muito, muito mesmo que passando a Copa esse legado continue, possa ser levado a outros lugares, para que todos os cegos tenham como assistir e se sentir incluídos”, afirmou Dias.

Além da narração do que está ocorrendo em campo, semelhante ao que é feito nas transmissões de rádio, o sistema dá os detalhes do que está ocorrendo dentro do estádio, desde a vestimenta dos técnicos até o comportamento da torcida, além de informações de serviço. A ideia, segundo a Fifa, é incluir o deficiente na experiência de estar no estádio.

“No começo da partida a narração passa uma mensagem total sobre o público, quem está ali, onde está cheio, onde está vazio, como o público está vestido, se as pessoas estão com cara pintada. No domingo destacamos que o técnico da Argentina estava de terno, arrumado, e o da Bósnia estava de agasalho. Damos inclusive informações de serviço, onde se localizam os banheiros, para a pessoa se locomover com mais facilidade no estádio, além de informações de segurança, comida. É uma prestação de serviço o mais completa possível para quem está dentro do estádio. E além disso, claro, narramos o que está acontecendo em campo. É muito rico, uma experiência completa”, afirmou Joyce Cook, diretora do Centro de Acesso ao Futebol na Europa.


Fonte: ESPN e Blog Turismo Adaptado