Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

domingo, 22 de dezembro de 2013

Sacerdote quer facilitar confissão de deficientes auditivos

Um sacerdote filipino aposentado, morador em Phoenix, no Estado de Arizona, inventou um instrumento baseado no computador que facilitará a confissão dos fiéis com deficiências auditivas. A notícia está no site da Conferência Episcopal Filipina.

Padre Romuald Zantua, da Diocese de Daet, fundador de uma comunidade religiosa chamada Discípulos da Esperança, confeccionou o instrumento que possibilitará a milhares de pessoas com problemas de surdez aproximar-se ao sacramento da reconciliação.

O instrumento, chamado “Caixa da Confissão de São Damião” consiste em dois laptops que trabalham com um software especial que conecta exclusivamente o penitente e o sacerdote, enviando mensagens. Os dois portáteis podem funcionar somente com este objetivo. Os sacerdotes que não conhecem a língua de sinais podem, assim, comunicar com os deficientes através da conexão segura dos laptops com a ASL (Língua de Sinais Americana) e o vídeo.

Segundo Padre Zantua, que já foi secretário executivo da comissão para os seminários da Conferência, o software é à prova de ‘hacker’. Padre Zantua trabalhou também muitos anos com pessoas com deficiências particulares.

O instrumento ainda não obteve a aprovação da Santa Sé. Ele foi apresentado ao Setor de Deficiências Auditivas (National Catholic Office fo the Deaf) em Phoenix, durante um recente evento desta pastoral.


Fonte: Rádio Vaticano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário