Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Surfista sem braço, que teve sua vida retratada em filme, ganha campeonato mundial pela primeira vez


Deu na Revista Marie Claire
 
Cerca de 11 anos após perder o braço esquerdo durante um ataque de tubarão, a surfista norte-americana Bethany Hamilton continua inspirando vidas. Aos 24 anos, a jovem - que teve sua história retratada no filme "Coragem de Viver" - acaba de se tornar campeã de um dos principais campeonatos de surfe do mundo, o "Surf- N -Sea Pipeline Women Pro".

Esta foi a primeira vitória de Bethany em 10 anos. Desde o acidente, a havaiana tem treinado muito para voltar às competições. Conseguiu fazer um dos mais incríveis retornos já vistos na história do surfe e do esporte mundial.

para um veículo da área após a vitória. "Na minha primeira bateria eu nem estava esperando muito, mas sempre mantive meu olhar atento, porque aqui nunca sabe... Foi uma agradável surpresa"!

De acordo com o site Huffington Post,  Pipeline é uma das ondas mais temidas do mundo. Faz com que até mesmo os melhores surfistas da atualidade, como Kelly Slater, se tornem novatos.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário