Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Concurso de Paraquadrilha será realizado em Caruaru nesta quinta (26)


A competição visa garantir a inclusão de pessoas com deficiência nas festividades juninas

Três quadrilhas mistas formadas por pessoas com e sem deficiência participarão nesta quinta-feira (26) em Caruaru, Agreste do Estado, do segundo Concurso de Paraquadrilha promovido pelo Governo de Pernambuco. O evento realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, através da Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (Sead) ocorrerá a partir das 16h, no Polo das Quadrilhas da cidade.

Concorrerão a troféus de primeiro, segundo e terceiro lugares, as Quadrilhas dos Idosos, da cidade de Riacho das Almas, Quadrilha da Terceira Idade do município de Camocim de São Félix e Quadrilha da Apodec (Associação de Pessoas com Deficiência de Caruaru), todas do Agreste pernambucano.

Para avaliar as três melhores apresentações será montada uma comissão formada por membros das Secretarias de Participação Social e Cultura, além de integrantes do Conselho da Pessoa com Deficiência de Caruaru e da Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência.

Com o objetivo de promover a inclusão social e garantir os direitos humanos através da inserção de grupos culturais formados por pessoas com deficiência, a comissão do Concurso da Paraquadrilha observará alguns aspectos durante a exibição como coreografia, figurino e animação dos participantes, por exemplo.

Fonte-SEAD

Nenhum comentário:

Postar um comentário