Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Reunião Extraordinária no COMUD







Terça-feira dia 08-07 houve uma Reunião Extraordinária no COMUD-Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, na qual estou como secretário e conselheiro. Na pauta:” A volta dos Transporte dos Cadeirantes e as novas regras para utilização. Depois da nossa denúncia como usuário dos transportes, decorrente o mal estado de conservação dos veículos.

Não concordei e não concordo com a proposta do CAPD-Centro de Atendimento da Pessoa com Deficiência-Órgão ligado à secretaria de politicas Sociais e que organiza as marcações das viagens. De propor 2 viagens durante a semana para IGREJAS ou Lazer, Limitando o direito do cadeirante e cidadão-Mesmo sendo “Deficiente”.
Vivemos no estado Laico e democrático e nosso direito de IR e Vir já mais poderá deixar de ter vida própria. Nessa pauta estamos defendendo a nossa liberdade de escolhas que CONQUISTAMOS e é garantido através da Constituição de 1988, ratificado pela convenção da ONU e Glorificado conforme a lei 10.098/2000 Acessibilidade e o decreto 5.296/2004.

Chega de violação de Direitos Humano de Deficiente-Que não somos, somos É Eficientes, só temos uma diferença funcional e queremos fazer parte decidindo para onde queremos ir. ou para Escola, ou para fisioterapia, ou para Balada, ou para à IGREJA. Somos nós que decidimos.

Se a demanda é grande e só há 2 Vans coloca-se mais 2 duas e amplia o serviço e todos são respeitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário