Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA

quarta-feira, 9 de março de 2016

Pronatec vai ofertar 2 milhões de vagas neste ano, diz Mercadante

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse nesta quarta-feira (9), que o governo vai ofertar neste ano 2 milhões de vagas no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O número é maior do que oferecido no ano passado, quando foram disponibilizadas 1,3 milhão de matrículas.
No ano passado, o programa, uma das principais bandeiras da presidente Dilma Rousseff na eleição de 2014, teve dificuldades financeiras e alguns professores tiveram seus salários atrasados.
Segundo o MEC, do total de vagas para este ano, aproximadamente 1,6 milhão serão em cursos de qualificação profissional, de curta duração (até dois meses), enquanto as outras cerca de 400 mil serão disponibilizadas em cursos técnicos, de duração maior (dois a três anos).


Mercadante disse que o número mostra um “saldo extraordinário” para o programa.
“Mostrando que é possível fazer mais e melhor do que estávamos fazendo. São 2 milhões de matrículas para este ano, o que mostra um grande êxito do programa e medidas inovadoras”, declarou.
No ano passado, os cursos mais procurados foram de técnico em informática, técnico em segurança do trabalho e técnico em logística. Já nos casos de qualificação profissional, os cursos mais procurados foram operador de computador, assistente administrativo e horticultor orgânico.
O Pronatec é um programa voltado para a capacitação profissional técnica de jovens e adultos. Foi criado em 2011, no primeiro mandato da presidente Dilma, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos, com a meta de criar 8 milhões de vagas até o fim de 2014.
Em junho de 2014, o governo anunciou uma nova fase do programa, com a meta de gerar mais 12 milhões de matrículas até 2018. No evento, também foi divulgado o balanço do Pronatec até aqui, segundo o qual foram geradas 9,4 milhões de matrículas entre 2011 e 2015, em 4,3 mil municípios.

MECFlix
Mercadante anunciou que neste ano haverá uma versão do Pronatec destinada à educação de jovens e adultos (EJA), onde os alunos poderão concluir o ensino médio e fundamental junto com a qualificação profissional.
Além disso, neste ano, segundo o ministro, os estudantes poderão fazer cursos do Pronatec à distância. O MEC vai criar uma plataforma chamada de MECFlix, em parceria com mais de 30 TVs públicas pelo país, para transmitir as aulas, permitir orientação dos professores e diálogo entre os alunos.


Filipe MatosoDo G1, em Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário