Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA

sábado, 30 de abril de 2016

Cartões 'Leva' não recadastrados podem ser bloqueados, diz AETPC

Os usuários do cartão "Leva" em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, podem perder o benefício caso não realizem o recadastramento. A Associação das Empresas de Transportes de Passageiros de Caruaru (AETPC) informou que quem estiver com os cartões vencidos ou perto do prazo de vencimento deve fazer a revalidação. A empresa informou que os cartões podem ser bloqueados.
Para revalidar, o usuário deve ir ao posto do "Leva", no 3º piso de um centro de compras localizado na Avenida Agamenon Magalhães, no Bairro Maurício de Nassau. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h - sem fechar para o almoço - e aos sábados das 10h às 14h.
A AETPC informou que os usuários devem apresentar os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência, declaração de matrícula atualizada (para estudantes) e laudo médico atualizado (para quem possui algum tipo de deficiência).
Devem procurar os postos de atendimentos os usuários do cartão Servidor, Estudante, Idoso e PNE. De acordo com a assessoria da AETPC, "os cartões vencidos, dessas categorias, são bloqueados automaticamente pelo sistema de Bilhetagem Eletrônica ao passar pela catraca, por possuírem algum tipo de gratuidade e necessidade de atualização dos dados".

Fonte-G1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário