Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

sábado, 30 de abril de 2016

Onze bebês são diagnosticados com microcefalia em mutirão, em Caruaru

Onze bebês foram diagnosticados com microcefalia na sexta-feira (29) no segundo mutirão realizado no Hospital Mestre Vitalino em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, foram atendidas 118 crianças - destas, 107 tiveram o diagnóstico da malformação descartado.


Estiveram no local pessoas do Sertão e do Agreste do estado para em busca de atendimento. De acordo com o diretor geral da unidade hospitalar, Marcelo Cavalcanti, foram atendidas mais três regionais de saúde que abrangem os municípios de Arcoverde, Afogados de Ingazeira e Serra Talhada. Segundo ele, em comparação ao primeiro mutirão - realizado 15 de abril - a movimentação foi maior.
O mutirão contou com neurologistas. Foi verificado também o perímetro encefálico a fim de diagnosticar a malformação. O objetivo da ação foi para agilizar a confirmação dos casos em todo estado e mapear as regiões com maior incidência além de traçar táticas de acompanhamento.
No estado, de acordo com dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde, de 1º de agosto de 2015 até o dia 23 de abril de 2016, 1.883 casos de microcefalia foram notificados. Desse total, 779 - que corresponde a 41% - casos atendem aos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) para microcefalia. De acordo com a assessoria da SES, "334 casos foram confirmados como microcefalia e 816 foram descartados".

Fonte-G1 Caruaru

Nenhum comentário:

Postar um comentário