Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Maceió terá a primeira Residência Inclusiva do Estado

                              Assinatura de Convênio entre a Prefeitura 
                                                    e a Pestalozzi
 
A Prefeitura de Maceió deu um grande passo para a assistência de pessoas com deficiência na capital. É que foram firmados nessa quarta-feira (27) convênios para implantação de uma Residência Inclusiva e um Centro Dia, as primeiras nesta modalidade no Estado de Alagoas. As unidades, vinculadas à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), irão fazer o atendimento e acolhimento institucional de pessoas com deficiência, que, devido à situação de dependência, necessitam de apoio para a realização de cuidados básicos da vida diária.
Ao todo, mais de 60 pessoas serão beneficiadas diariamente pelo Centro Dia e até 10 pessoas contarão com uma unidade que presta Serviço de Acolhimento Institucional para Jovens e Adultos com Deficiência em Residência Inclusiva.
A secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha, destaca a importância destas unidades para a Política de Assistência Social do Município, ressaltando que esta será a primeira Residência Inclusiva em Alagoas. “É uma unidade de acolhimento voltada para pessoas que não têm perspectivas de cuidado familiar. Em Maceió, nós já temos quatro usuários da Assistência Social com perfil e que deverão ser os primeiros a serem beneficiados com a Residência Inclusiva, que deverá começar a funcionar entre os meses de maio e junho. No local, eles terão cuidadores 24 horas por dia, além de atividades diárias que buscam a autonomia do cidadão”, ressaltou.
A nova unidade deverá funcionar no bairro de Ouro Preto, com uma casa adaptada para receber os acolhidos. De acordo com a presidente da Associação Pestalozzi de Maceió, Tereza Amaral – entidade vencedora dos dois editais de chamamento público para convênio -, o público alvo da Residência Inclusiva são adultos sem família e, principalmente, com deficiência intelectual. “Quando a gente fala em pessoas com deficiência se associa apenas a deficiência física. Mas o público da Residência Inclusiva é de pessoas com deficiência intelectual, que não têm família. Vamos implantar a unidade no bairro de Ouro Preto, em uma área urbanizada. Nossa intenção é colocar a unidade para funcionar no mês de maio”, disse.
Já no Centro Dia, mais de 30 pessoas, com idade a partir de 18 anos e que têm deficiência em situação de dependência, terão atendimento diurno, com acompanhamento de uma equipe multidisciplinar que deverá prestar serviço de proteção social especial e de cuidados pessoais, contribuindo assim, para o fortalecimento de vínculos, autonomia e inclusão social, por meio de ações de acolhida, escuta, informação e orientação.
“Com este convênio, a Prefeitura de Maceió vem para garantir este direito da pessoa com deficiência e ampliar o atendimento socioassistencial para as pessoas que precisam”, destacou Celiany Rocha.
Para o Centro Dia, está sendo repassado recurso anual de R$ 1,2 milhão, de forma trimestral. Já para a Residência Inclusiva, o valor é de R$ 300 mil, também com repasse trimestral, e 40% do valor total dos convênios estão sendo disponibilizados pela Prefeitura de Maceió, outros 40% pelo Governo Federal e 20% pelo Governo Estadual.
Fonte: Maceio

Nenhum comentário:

Postar um comentário