Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA

sexta-feira, 13 de maio de 2016

UFPE restringe entrada de veículos no campus entre 23h e 6h30

Entra em vigor, nesta quinta-feira (12), mais uma medida de segurança no interior da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Depois de anunciar o fechamento diário das entradas de pedestres das 23h30 às 4h30, a instituição informou que a entrada de veículos também terá restrições entre as 23h e as 6h30. Os portões de acesso de veículos próximos à Coordenadoria de Ensino de Ciências do Nordeste (Cecine) e à Editora Universitária fecham às 22h e também reabrem às 6h30.
De acordo com o chefe de segurança institucional da universidade, Armando Nascimento, a medida é uma forma de intensificar o controle de entradas e saídas do ambiente acadêmico. “Os docentes, servidores e alunos que desejarem entrar após 23h terão livre acesso, mas terão que dizer o motivo para entrar na universidade”, explica.
Ainda segundo Nascimento, essa é uma forma de evitar o furto de bens patrimoniais nas dependências da universidade. “Alguns setores ainda tinham que lidar com o desaparecimento de equipamentos durante a madrugada”, relata o coordenador de segurança. A partir desta quinta-feira (12), o acesso antes das 6h30 e após 23h deverá ser feito pela Avenida dos Reitores, no campus da Cidade Universitária.

 Totem terá 10 metros e 11 câmeras de monitoramento no campus da UFPE no Recife (Foto: Artur Ferraz/G1)
Mais reforços
Além da imposição de horários de restrição à entrada de veículos e pedestres na área do campus, a UFPE também anunciou a instalação de 91 novas câmeras e de um totem de monitoramento. As novas medidas de segurança foram discutidas durante uma reunião no dia 4 de maio entre representantes da comunidade acadêmica e de instituições bancárias nos arredores da universidade.
O equipamento, de 10 metros de altura, será instalado em frente ao Centro de Artes e Comunicação (CAC) e terá 11 câmeras de vigilância e um drone na parte de cima funcionando 24 horas. Denominado Kule 360, o totem também será equipado com um dispositivo pelo qual qualquer pessoa poderá fazer uma denúncia diretamente à Central de Monitoramento da universidade.
O reforço da segurança na UFPE foi motivada pelos relatos de insegurança feitos por alunos e docentes nas dependências do campus. De acordo com as queixas da comunidade acadêmica, o número de assaltos cresceu em 2015. Para alunos e professores, a falta de iluminação das vias do campus e o baixo quantitativo de policiais contribuía para as ocorrências.
Ainda no ano passado, alunas chegaram a protestar pelo aumento das medidas de segurança. Apesar da tensão entre os frequentadores do ambiente acadêmico, Armando Nascimento garantiu que a percepção dos alunos era equivocada e que as ocorrências eram mais comuns no exterior da universidade, e não na área interna do campus.

Fonte-G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário