Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Projeto prevê tradutor de Libras nos bancos

Está tramitando, na Câmara Municipal, um projeto de lei de autoria do vereador Fábio Cardozo (PPS), que obriga as agências bancárias da cidade a disponibilizarem para o atendimento ao público com deficiência auditiva, um profissional de Libras.

O projeto deve ir para pauta de votação na sessão da próxima quarta-feira (29/06). “A proposta tem o intuito de promover a inclusão das pessoas com deficiência auditiva nos serviços cotidianos. Para isso, é fundamental a presença de um ouvinte com fluência na língua ou um tradutor e intérprete de Libras nos setores de atendimento bancário”, disse o vereador.
Para Fábio Cardozo, a ausência de intérprete de Libras expõe as pessoas com deficiência auditiva ao constrangimento e dificuldades de comunicação. “Este serviço já é uma realidade nas agências bancárias de várias cidades, como de Itajai, em Santa Catarina. É um passo importante para viabilizar a integração deste segmento da população e do reconhecimento da cidadania”, reforçou o parlamentar.
A profissão de tradutor ou intérprete de Libras foi regulamentada em 2010. Além disso, a linguagem de Libras foi oficializada por lei federal como a língua oficial da pessoa surda.

Fonte: A Tribuna – Mato Grosso Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário