Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Grupo de professores da UFPE divulgam manifesto contra o “golpe”

Grupo de professores da UFPE divulgou manifesto nesta terça-feira criticando as “medidas autoritárias” do governo Michel Temer e dizendo que a restauração da democracia em nosso país passa pelo retorno da presidente Dilma Rousseff ao poder.
Confira a íntegra do manifesto, que teve o apoio tácito do reitor Anísio Brasileiro:
I- Nós, professores da Universidade Federal de Pernambuco, abaixo assinados, vimos a público manifestar nosso repúdio contra as medidas autoritárias já tomadas pelo governo federal interino, e que representam um verdadeiro desmonte da ideia de uma nação mais justa e soberana, contemporânea com o Século 21.
II- O governo Temer tem demonstrado uma sanha agressiva de rapidamente impor ao país uma agenda regressiva, já rejeitada em ocasiões anteriores pelo voto livre do povo.
III- Esta agenda é caracterizada por uma política conservadora e antidemocrática em termos de educação e cultura, e visa ao desmonte do sistema público de saúde.
IV- O desprestígio da Petrobrás e a alienação do pré-sal vão inviabilizar a independência energética do Brasil e a garantia de sua afirmação como uma nação moderna e soberana.
V- A instabilidade social decorrente da ilegitimidade dessas ações está sendo utilizada para a adoção de medidas, que são ainda mais regressivas e representam real perigo para a democracia brasileira.
VI- Por essas razões, conclamamos a comunidade universitária, docentes, servidores e estudantes da UFPE a unir forças para combater o golpe.
VII- A restauração da democracia passa pelo retorno ao poder da presidenta Dilma Rousseff, legitimamente escolhida em eleições livres.
VIII- Essa é uma condição essencial para construir a conciliação nacional reunindo todos os setores da sociedade verdadeiramente comprometidos com a preservação da democracia em nosso país.

Fonte-Blog do Mário Flávio

Nenhum comentário:

Postar um comentário