Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Justiça Eleitoral baiana incentiva a inscrição de mesários com conhecimento em Libras

A fim de garantir o amplo acesso dos eleitores surdos ou com deficiência auditiva às seções nas eleições municipais de 2016, assim como a eliminação de barreiras comunicacionais impostas a esse segmento, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) incentiva cidadãos com conhecimento em Língua Brasileira de Sinais (Libras) a se inscreverem para atuar voluntariamente como mesários.
Podem se inscrever os estudantes dos cursos de Fonoaudiologia e Licenciatura, das diversas áreas do conhecimento, que já tenham cursado a disciplina Libras, os intérpretes, professores de surdos, assim como qualquer cidadão regularmente quite com a Justiça Eleitoral que possua conhecimentos básicos da língua de sinais.
Os interessados em trabalhar como mesários nas seções eleitorais podem fazer sua inscrição acessando o site do Tribunal (www.tre-ba.jus.br), clicando no banner do projeto “Mesário Voluntário”, para preencher a ficha de inscrição. Outra opção é a inscrição presencial, diretamente no cartório eleitoral no qual o interessado esteja cadastrado como eleitor. Os que pretendem trabalhar nas mesas receptoras de votos podem, ainda, esclarecer dúvidas pelo e-mail mesariovoluntario@tre-ba.jus.br.

Benefícios
Para os que vão atuar como mesário, vale lembrar que os dias de serviços prestados serão recompensados com benefícios como: folga no trabalho em período equivalente ao dobro dos dias prestados à Justiça Eleitoral; auxílio-alimentação para o dia da eleição; vantagem de desempate em concursos públicos da Justiça Eleitoral e em outros concursos públicos, caso previsto em edital.
O incentivo do TRE-BA atende a uma das ações do planejamento estratégico do Programa de Acessibilidade, presente na Resolução 23.381/2012, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que prevê a implementação gradual de medidas para a remoção de barreiras físicas, arquitetônicas, atitudinais e de comunicação diante do exercício do direito ao voto. Dessa forma, visa garantir o voto das pessoas com deficiência auditiva ou com mobilidade reduzida.

Fonte- Mídia Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário