Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Setembro Verde apresenta atendimento a pessoas com deficiência intelectual alinhado à Lei Brasileira de Inclusão

No dia 1º de setembro, a partir das 12h30, a Federação das APAES do Estado de São Paulo – FEAPAES-SP, com o apoio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, realiza a cerimônia de abertura do “Setembro Verde”, mês oficial voltado a inclusão social das pessoas com deficiência. A Secretária Dra. Linamara Rizzo Battistella e a presidente da FEAPAES-SP, Cristiany de Castro, entre outras autoridades, participam do evento.

O mês oficial da luta pela inclusão da pessoa com deficiência tem como objetivo gerar visibilidade à causa da pessoa com deficiência. Setembro foi escolhido para essa ação em razão do dia 21 ser Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Além da comemoração da data, a ação tem o intuito de tornar o mês referência nacional.

O primeiro dia do Setembro Verde conta com o lançamento do livro “Serei Sereia”, o “II Balanço Geral: Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual à Luz da Lei Brasileira de Inclusão” e a abertura da exposição “Arte Inclusiva”.

Serei Sereia
Obra de Kely de Castro com ilustrações de Amanda de Azevedo, da Editora Kapulana, o livro “Serei Sereia”, será lançado às 13h, com a presença da autora. A obra narra a história de Inaê, uma menina que nasceu com o desafio a vencer o fato de não poder andar. Comparada ludicamente com uma sereia, que tem restrição de mobilidade, em função da cauda de peixe, a menina, como todas as crianças, passa por momentos de tristeza, alegria, conflito e tranquilidade. A garota enfrenta desafios, mas com a ajuda da mãe descobre que pode construir sua própria história. O lançamento do livro será às 13h, do dia 1º de setembro.

II Balanço Geral do Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual – São Paulo pela Igualdade de Direitos
Pelo segundo ano consecutivo, a Secretaria apresenta a partir das 15h, um balanço geral do Programa, voltado à inclusão das pessoas com deficiência intelectual. O tema deste ano é “Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual à Luz da Lei Brasileira de Inclusão”. O programa visa apresentar diretrizes para a garantia de igualdade de direitos e de oportunidades para as pessoas com deficiência intelectual e conta com a participação das seguintes Secretarias do Governo do Estado de São Paulo: Saúde; Educação; Desenvolvimento e Assistência Social; Emprego e Relações do Trabalho; Esporte, Lazer e Juventude; Cultura; Justiça e Defesa da Cidadania; Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia; e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Confira a Programação:

15h – Boas Vindas da Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Dra. Linamara Rizzo Battistella

15h10 – A pessoa com deficiência intelectual na Lei Brasileira de Inclusão
Maria Isabel da Silva – jornalista – Autora do livro “LBI na Prática – a Lei Brasileira de Inclusão na vida cotidiana das pessoas com deficiência” e Gestora de Comunicação Institucional na Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Coordenadora, na Secretaria, da Comissão de Acompanhamento do Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual – São Paulo pela Igualdade de Direitos.

15h20 – Educação da pessoa com deficiência intelectual e a Lei Brasileira de Inclusão
Glenda Aref - Mestre em Psicologia, com especialização em Psicologia Clínica, Educação Especial Geral, Deficiência Intelectual e Autismo. Representa a Secretaria de Educação no Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual – São Paulo pela Igualdade de Direitos.

15h30 – Perguntas sobre o Tema “Educação”

15h40 – A Assistência social à pessoa com deficiência intelectual e a Lei Brasileira de Inclusão
Marina Marinho de Azevedo, psicóloga da Secretaria Estadual da Assistência e Desenvolvimento Social, representando Cristiane Lamin – graduada em Ciências Sociais e mestre em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP), representante da Secretaria da Assistência e Desenvolvimento Social no Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual – São Paulo pela Igualdade de Direitos.

15h50 – O atendimento das pessoas com deficiência intelectual à luz da Lei Brasileira de Inclusão
Cristiany de Castro – Presidente da Federação das APAES do Estado de São Paulo – FEAPAES-SP

16h00 - Sexualidade e afetividade da pessoa com deficiência intelectual e a Lei Brasileira de Inclusão
Francisca Edinete Nogueira de Sousa - Psicóloga formada pela  UNISA – Universidade de Santo Amaro. Especialista em Neuropsicologia e Terapia familiar. Atua no departamento de Socioeducação da APAE DE SÃO PAULO com adolescentes e jovens com Deficiência Intelectual e apoio às famílias.

16h20 – O Acesso ao Trabalho da pessoa com deficiência intelectual e a Lei Brasileira de Inclusão
Julio Cesar Lima Cuccinelli - Representante da Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho no Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual – São Paulo pela Igualdade de Direitos.

16h30 – O acesso à Cultura da pessoa com deficiência intelectual e a Lei Brasileira de Inclusão
Silvana Gimenes - Mestre em Administração - Gestão e Regionalidade – área Políticas Públicas de Gênero, Socióloga, pessoa com deficiência e representa a Secretaria de Estado da Cultura - Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias no Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual – São Paulo pela Igualdade de Direitos.

16h40 – A Saúde da pessoa com deficiência intelectual e a Lei Brasileira de Inclusão
Ligia Maria Carvalho de Azevedo - Coordenadora da Área Técnica Saúde da Pessoa com Deficiência na
Secretaria Estadual da Saúde. Representa a Secretaria da Saúde no Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual São Paulo pela Igualdade de Direitos.

16h50 – A Justiça para a pessoa com deficiência intelectual e a Lei Brasileira de Inclusão
Cristiane Pereira - Representante da Secretaria Estadual de Justiça e Defesa da Cidadania no Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual – São Paulo pela Igualdade de Direitos.

17h00 – O Envelhecimento da pessoa com deficiência intelectual à luz da Lei Brasileira de Inclusão
Maria Regina Leondarides – Integrante do Grupo de Estudos Sobre o Envelhecimento Precoce das Pessoas com Deficiência Intelectual, Coordenadora da Roda de Conversa com pais sobre Envelhecimento das pessoas com Deficiência Intelectual, é mãe de pessoa com deficiência intelectual e participa como “familiar” no Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual – São Paulo pela Igualdade de Direitos

17h15 – O Esporte para pessoas com deficiência intelectual na Lei Brasileira de Inclusão
Cleiton Maurício Monteiro – Coordenador do Futsal Especial da Associação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais (ABDEM) e tem participação como “Sociedade Civil” no Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual–São Paulo pela Igualdade de Direitos.

17h30 – Perguntas

17h45 – Considerações finais e encerramento

Exposição “Arte Inclusiva”
A exposição “Arte Inclusiva” apresenta uma série de obras de arte produzidas pelos usuários das APAES do Estado de São Paulo. A mostra, que conta com uma seleção de quadros e fotografias, foi concebida para exibição no Festival Estadual Nossa Arte e em outros contextos. O objetivo do Festival é expandir e fortalecer a arte como um veículo de educação e inclusão, bem como demonstrar as potencialidades criativas das pessoas com deficiência, em especial das pessoas com deficiência intelectual. Conta com audiodescrição, impressão dos textos com fonte ampliada (português e braile) e módulos expositores acessíveis. O lançamento é no final do dia 1º/09 e ficará exposta no Memorial da Inclusão até o final de setembro.

SERVIÇO
 
Lançamento oficial do “Setembro Verde”
Data: 1º de setembro de 2016
Horário: 12h30

Lançamento do Livro “Serei Sereia” de Kely de Castro
Horário:
13h

II Balanço Geral: Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual à Luz da Lei Brasileira de Inclusão”
Horário: 15h
Informações do evento anterior: http://peapdi.sedpcd.sp.gov.br

Abertura da exposição “Arte Inclusiva” 
Horário: 18h

Local: Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564 - Portão 10 - Barra Funda - São Paulo – SP (próximo da estação de trem e metrô Palmeiras-Barra Funda)

Nenhum comentário:

Postar um comentário