Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Queremos a sua opinião sobre a nova Lei de "Auxílio Inclusão"!

Toda Pessoa Com Deficiência que não tem condições de trabalhar, tem direito de receber o "Benefício de Prestação Contínua" (BPC) no valor de um salário mínimo.

A questão é que muitas dessas pessoas até poderiam trabalhar, mas ficam com medo de perder esse salário já garantido e acabam optando por ficar em casa sem trabalhar mesmo.

A Deputada Mara Gabrili e o Deputado Eduardo Luiz Barros Barbosa estão criando um novo auxílio chamado "Auxílio Inclusão" que é justamente para aquelas Pessoas Com Deficiência que já recebem o BPC a continuarem recebendo uma parte do salário caso comece a trabalhar.

Ou seja: Se você recebe o BPC e começa a trabalhar de carteira assinada, você irá receber a remuneração pelo seu serviço e mais um pouco do valor do BPC. E caso você saia do emprego, volta a receber imediatamente o BPC de novo.

E antes dessa Lei ser aprovada, eles querem saber da sua opinião sobre isso e o que você sugere para acrescentar ou até mesmo tirar dos artigos.



NÃO DEIXEM DE ENTRAR NO SITE E DAR UMA OLHADINHA NESTE PROJETO DE LEI,
mesmo que você não tenha nenhuma sugestão ou crítica para fazer, clique na "mãozinha" no lado direito e mostre que você apoia este projeto!

CLIQUE NO LINK: http://beta.edemocracia.camara.leg.br/wikilegis/bill/58/


ASSISTA O VÍDEO E ENTENDA MELHOR 

Nenhum comentário:

Postar um comentário