Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Hospital das Clínicas oferece curso gratuito de libras para capacitar funcionários

O Hospital das Clínicas, da Universidade Federal de Pernambuco, vai promover o Curso Básico de Libras para capacitar os servidores. O curso é voltado para todos os profissionais do HC - concursados ou terceirizados -, bem como bolsistas e estagiários. As inscrições começaram nesta segunda-feira e seguem até o dia 3 de março. Os interessados podem se inscrever preenchendo um formulário disponível na Divisão de Gestão de Pessoas, localizada no térreo do HC. A capacitação é desenvolvida em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da UFPE (Nace).


 O curso será oferecido gratuitamente e contará com dez encontros, possuindo carga horária total de 20 horas. Os participantes receberão um certificado. As turmas serão divididas entre A e B, respectivamente, nos horários das 14h às 16h e das 16h às 18h, e as aulas serão ministras nas terças e quintas-feiras, na sala de treinamento do HC, a partir do dia 7 de março.


 LIBRAS – A Língua Brasileira de Sinais (Libras) é uma forma específica de comunicação, baseada em sinais que surgem com o gesto das mãos, movimentos e pontos de articulação. Assim como a fala e a escrita, este meio de comunicação é importante, pois auxilia na interação e transmissão de ideias entre pessoas que possuem deficiência auditiva e entre elas e quem não possui.

Fonte-DIARIO DE PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário