Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Diferença entre a cadeira de rodas monobloco e dobrável em “X”

Quando se trata da estrutura da cadeira de rodas, existem dois modelos que predominam no mercado. A cadeira de rodas monobloco, e a cadeira de rodas dobrável em “X”. 


DOBRÁVEL
Já a cadeira de rodas dobrável em “X” mesmo sendo construída em alumínio tem um peso superior em relação às cadeiras de rodas em monobloco, a estrutura é dividida em duas partes laterais unidas por tubos que formam o “X” no centro da cadeira sob o assento. É mais aconselhável para pessoas com maior dependência, pois oferece maior estabilidade do corpo do usuário, não dependendo da força e controle de tronco e membros.
 
 
 
MONOBLOCO
É aquela em que o encosto é dobrável sobre o assento e a estrutura da cadeira é inteira, isso proporciona mais estabilidade na cadeira de rodas, com o encosto dobrado, tem formato em L, sendo possível por exemplo o cadeirante motorista guardá-la na parte da frente de seu veículo.  O modelo monobloco, é muito mais leve, a engenharia aplicada nestas cadeiras deixa ela muito mais compacta, resistente e prática.
 
 
  Muitos cadeirantes fazem a opção errada na hora da compra e desta forma acabam tendo limitações em seu dia a dia, há relatos de pessoas que tinham um estilo de vida com a cadeira de rodas dobrável em “X” e após adquirirem um modelo monobloco, mudaram completamente sua rotina, conseguindo se locomover com mais independência, tendo uma vida mais ativa e satisfatória, além do desgaste físico, que é muito menor em uma cadeira de rodas monobloco para se movimentar independentemente. Inicialmente ela pode parecer mais insegura, mas a medida que o usuário vai adquirindo a prática ela se torna à melhor escolha para pessoas ativas.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário