Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Estudante com Síndrome de Down é aprovado em vestibular de Direito em Sobral

Um estudante com síndrome de Down venceu vários obstáculos e conseguiu alcançar o sonho de passar no vestibular. Willian Vasconcelos vai cursar direito em sua cidade natal, Sobral.


As dificuldades enfrentadas por ele começaram logo cedo. Quando nasceu, a família não sabia que Willian tinha a síndrome. "A médica do posto de saúde disse para mim. Na época ela não usou 'síndrome de Down', e também não vou dizer qual nome ela usou. Me entregou meu filho, disse que ia ser difícil ele andar, falar", contou a mãe, Eridam Vasconcelos.

Segundo Eridam, no entanto, isso foi motivo de ainda mais amor para todos. "Eu passei a amar muito mais. A cuidar como se fosse um cristal", disse.

Willian cresceu e terminou o ensino médio no ano passado, mas enfrentou diversos desafios diante do preconceito das pessoas. A frustração foi grande ao se inscrever nos vestibulares das universidades públicas e no Enem. "Duvidaram da capacidade dele intelectual, cognitiva. Nos fizeram perguntas absurdas, se conhecia cores, se sabia segurar a caneta, se andava só", relatou a irmão, Klívia.

Apesar de uma boa pontuação, ele não foi aprovado. Chegou a pensar em desistir, mas renovou as esperanças quando surgiu a oportunidade em uma universidade particular. Sua professora Roberta Araújo foi um incentivo fundamental. "Sempre foi muito estudioso, muito empenhado, muito sociável, extremamente organizado e muito disciplinado", afirmou Roberta.


FONTE-http://tvdiario.verdesmares.com.br/noticias/regional/estudante-com-sindrome-de-down-e-aprovado-em-vestibular-de-direito-em-sobral-veja-historia-1.1774385



Nenhum comentário:

Postar um comentário