Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA e Secretário do DA-Diretório Acadêmico do curso de Economia-UFPE,CAA

quinta-feira, 6 de julho de 2017

SINFONIA DA INCLUSÃO: ENSAIO DE ORQUESTRA TEM PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇAS SURDAS

Alunos de uma escola pública puderam sentir a vibração de diversosinstrumentos musicais da Orquestra Sinfônica de Campinas por meio do toque


As crianças e pré-adolescentes surdos de uma escola municipal da região participaram, pela primeira vez, de um ensaio da Orquestra Sinfônica de Campinas (SP). O primeiro passo foi observar à distância, da plateia. Os movimentos chamaram a atenção e garantiram olhares atentos.


As sensações aumentaram logo em seguida. As crianças, descalças, subiram no palco e puderam chegar bem perto e até tocar em alguns dos instrumentos. Depois de uma conversa com o maestro chileno, Victor Hugo Toro, cada criança pode escolher o instrumento preferido.


Eles sentiram as cordas e alguns também conseguiram perceber os sons mais graves. Mas um gesto, esse sim silencioso, chamou a atenção tanto quanto os instrumentos: a regência do maestro. Os alunos chegaram a imaginar que cada movimento pudesse ser aleatório e, ao compreenderem como é reger uma orquestra, se encantaram mais uma vez.

Fonte-G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário