Quem sou eu

Minha foto
Um ser humano simples com defeitos, virtudes e que a cada dia procura viver de uma forma mais coerente possível para ser feliz. Sou cadeirante desde 1977 devido a poliomielite (Paralisia infantil), blogueiro, ex Locutor do telemensagem Shalom,Palestrante, presidente da A.D.C.C.-ASSOCIAÇÃO DOS CADEIRANTES DE CARUARU, Ex bailarino,ex secretário e conselheiro do COMUD- Conselho municipal de defesa dos direitos das pessoas com deficiência, ESTUDANTE DE ECONOMIA NA UFPE CAA(Passei a emoção é inexplicável)! Primeiro cadeirante aprovado e sem cota em ampla concorrência. Membro do NACE-Núcleo de Acessibilidade da UFPE-CAA. Estudante em pesquisa de extensão em Direitos Humanos-UFPE CAA

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Armando recebe propostas de pessoas com Deficiência

Deu no Blog do Mário Flávio


Oito entidades em defesa do direito das pessoas com Deficiência entregaram, nesta quinta-feira (12), um documento com diversas propostas para o segmento ao pré-candidato ao governo de Pernambuco, o senador Armando Monteiro Neto (PTB). O objetivo é que as iniciativas apresentadas pelas instituições se incorporem ao futuro programa de governo do petebista e se transformem em políticas públicas. Em sua fala, Armando prometeu fazer um governo inclusivo. O evento ocorreu no Instituto dos Cegos do Recife, no bairro das Graças, e contou com a participação do pré-candidato ao Senado, o deputado federal João Paulo (PT), e demais lideranças.

O documento entregue ao pré-candidato Armando Monteiro reúne cerca de 50 propostas e propõe atuações em diversas frentes de trabalho. As propostas foram colhidas após 11 reuniões envolvendo integrantes das entidades, sob a coordenação do Conselho Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência.

Uma das propostas contidas no documento é a regulamentação da Lei estadual 12.045, de 2001, que prevê a gratuidade aos portadores de necessidades especiais no transporte intermunicipal. Segundo o presidente da Associação Pernambucana dos Cegos (Apec), Antônio Muniz, a legislação já foi aprovada pela Assembleia Legislativa, porém não foi regulamentada pelo governo do Estado. Outra iniciativa apresentada pelas entidades ao pré-candidato Armando Monteiro é a oferta de uma educação inclusiva na rede estadual de ensino.

Segundo Antônio Muniz, o documento apresentado é um sentimento das pessoas com necessidades especiais. O presidente da Apec salientou que a maioria das propostas não foram incorporadas pelo atual governo. “Foram oito anos de abandono pelo atual governo do Estado. Essas propostas já não são novidades, mas o governo não as incorporou”, disse o dirigente.

Na reunião, o pré-candidato Armando Monteiro se comprometeu em assegurar a participação de representantes do segmento na futura estrutura de governo. O petebista frisou que as propostas apresentadas pelas entidades serão analisadas e incorporadas ao programa de governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário